20 anos de Obras e mais de R$120 milhões investidos.
Queremos saber e decidir sobre o presente e futuro do Tucunduba!




Cobre o Secretário de Obras agora!

Who will you press? (2 targets)
moradores de Belém pelo Tucunduba
O saneamento básico de Belém é o quarto pior do país. Já faz quase 20 anos que a Bacia do Tucunduba passa por uma obra de macrodrenagem. Entra governo, sai governo e essa obra pública não termina! Além de sofrerem com os alagamentos e a falta de saneamento básico, o atraso na entrega da obra - que prevê o escoamento do esgoto e água da chuva - facilita a contaminação de doenças como verminoses e problemas estomacais, podendo afastar, do trabalho ou escola, os moradores da região.

597 famílias foram desalojadas e outras centenas estão esperando o término da obra. Em todos esses anos, já foram gastos mais de R$120 milhões de dinheiro público! E não temos previsão para o fim da obra. Não se sabe nem qual projeto que está sendo executado. Várias frente de moradores da região vêm pressionando e protocolando pedidos para o acesso às informações, mas não são atendidos.
Temos que exigir a garantia de saneamento básico para as 250 mil pessoas afetadas pela Obra do Tucunduba. O secretário Ruy Cabral precisa saber que somos milhares de pessoas exigindo que se comprometam a não jogar mais nosso dinheiro fora. Não vamos esperar mais 20 anos!

Envie sua mensagem agora cobrando o projeto e o cronograma de execução da obra! Esse é o passo principal para garantir que a população participe dos processos decisórios e cobre a finalização da obra!





Senta que lá vem história
As intervenções no Rio Tucunduba começaram há 20 anos, prevendo a construção de alguns canais no percurso. A obra foi iniciado pela Prefeitura de Belém, em 1999. Em 2008 a responsabilidade da obra passou para o Governo do Estado. Entre pausas e recomeços, a obra nunca chegou ao fim.

Quem são os responsáveis?
Com a responsabilidade compartilhada, a parte financeira fica com a Caixa Econômica, os projetos habitacionais com a COHAB e a coordenação com a SEDOP - Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, chefiada pelo secretário Ruy Cabral.

O que queremos



Queremos ter acesso aos documentos e fazer parte dos processo decisórios dessa Obra Pública. Para conseguir acompanhar esse processo mais de perto e exigir que essa obra termine!
QUEM ESTÁ POR TRÁS DESSE BONDE
Ter acesso ao saneamento básico é um direito. Fomentar a gestão participativa das águas da cidade é uma de nossas missões, e por isso a Ame o Tucunduba acredita que é importante fortalecer a luta do Movimento Prejudicados do Tucunduba e a Comissão de Acompanhamento de Obras considerando esse é um passo importante para tornar o acompanhamento dessa obra pública mais transparente. O Projeto Data Firme também é apoiador dessa causa.

Essa campanha foi feita durante o Programa de Mobilizadores da Rede Nossas Cidades :)